• FONE: (19) 3252.9194
  • Unidades
  • Fale conosco
  • Siga-nos
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram

Está chegando a Feira do dia das mães!

A Feira de Artesanato do Dia das Mães terá várias opções de presente para o Dia das Mães!

Será realizada nos dias 10 (sexta-feira) e 11 de maio (sábado), entre 8 e 16 horas, no salão Paineiras.

São várias opções de presentes como bandejas, caixas de chá, de maquiagens, porta-documentos, porta-joias, porta-cartas, porta-temperos, porta-guardanapos, porta-talheres, oratórios, puxa-sacos, caixas de costuras, organizadores de escritório, quadrinhos, armário para cantinho de café, panos de prato, toalhas bordadas e até biscoitos doces e salgados artesanais. Os preços são bem democráticos, pois variam de R$ 6 (biscoitos) a R$ 180 (artigos em madeira). Toda a renda obtida será revertida às obras assistenciais da instituição.

“São presentes feitos com muito carinho para homenagear quem você ama!”, diz a coordenadora da parte de produtos de madeira da Oficina de Artesanato da Casa de Jesus, Juraci Pereira Salomão, voluntária da instituição. Esses artigos em madeira, segundo ela, são feitos com uma antecedência de mais de três meses, por um grupo de 20 voluntárias que se reúnem há 14 anos – sempre às quintas-feiras, a partir das 14 horas – para a produção das peças. “Fazemos também para a feira que ocorre em data próxima ao Natal, em dezembro. Esta, aliás, é a nossa maior feira porque, além de todas as peças disponíveis para o Dia das Mães, confeccionamos guirlandas, enfeites para árvores, enfeites para mesa, velas natalinas e árvores de Natal montadas com enfeites produzidos por nós. Todo a matéria-prima que utilizamos somos nós, as voluntárias, quem compramos ou ganhamos para transformá-las nos itens comercializados nas feiras.” 

Segundo Juraci, o trabalho de sua equipe teve início em 2005, com apenas quatro pessoas, que se reuniam na casa de uma das artesãs com o propósito de fazer artesanato e comercializá-los. “Como estávamos ingressando na Casa de Jesus e conhecendo as obras assistenciais dessa tradicional instituição, decidimos que toda a renda que conseguíssemos com esse trabalho seria revertida para elas. Foi quando a diretoria nos ofereceu a oficina de artes da própria instituição, para que pudéssemos dar continuidade ao nosso trabalho de maneira mais adequada e confortável, já que a oficina dispõe de um excelente e amplo espaço, com armários, pias e tudo o que é necessário para produzirmos. É um trabalho tão prazeroso, em um ambiente alegre e de muita harmonia.”

No início, as feiras de artesanato ocorriam em uma barraca em frente à banca de livros da Casa de Jesus, passando mais tarde para o Salão Paineiras, onde ocorrem até hoje, juntamente com a equipe da voluntária Yvonne Maria Rodrigues de Castro, que coordena há pelo menos 30 anos a equipe de 11 voluntárias da Oficina de Artesanatos na parte de costura, tricô e bordados, que produz os panos de prato e toalhas às terças-feiras, no período das 14 às 17 horas. “Antes da nossa equipe, havia um outro grupo de voluntárias na Casa de Jesus que encerrou as atividades da produção de artigos em tecidos e eu pedi à dona Sylvia Paschoal, fundadora da instituição, para montar outro grupo e ela concordou”, lembra Yvonne.

O grupo mais recente de voluntárias que participa da feira é o de biscoitos artesanais, criado há dois anos e coordenado por Cássia Regina Luz. “O seu José Natalino, presidente da instituição, foi quem autorizou o nosso trabalho e cada quituteira trouxe uma receita, fizemos vários testes e demos início ao grupo. Hoje, somos em 10 pessoas e nos reunimos no salão no mesmo dia e horário do grupo da dona Yvonne. Para a feira de Dia das Mães, teremos biscoitos nos sabores fubá, fubá com erva doce, fubá com goiabada, nata, nata com limão, nata com coco, beliscão, aveia, cookies e salgado acebolado, todos feitos com os melhores ingredientes adquiridos a nosso pedido pela Casa de Jesus, que nos permite usar a cozinha do salão das Paineiras toda semana. Nossos biscoitos são vendidos não só nas feiras, mas na secretaria da instituição, nas palestras públicas e, aos sábados, em frente à banca de livros. Dependendo do sabor, os pacotinhos de biscoitos variam de 120 a 200 gramas cada e todos custam R$ 6. Todo dinheiro obtido é 100% revertido para a Casa de Jesus”, explica Cássia.

Para as voluntárias, o trabalho dos grupos de produtos artesanais não é importante somente pela renda obtida com a comercialização dos itens, mas sim pelo acolhimento e pela terapia ocupacional que esse trabalho proporciona a todas as pessoas envolvidas. “Quem ganha com o trabalho voluntário não são os beneficiados, mas sim nós, voluntárias, pela satisfação e pela gratificação em fazer alguma coisa pelo próximo”, acredita Juraci. 

Se quiser mais informações, escreva para contato@seareiros.org.br

 

 

Os Seareiros - Bibliotecas

Receba nossas newsletters

Mantenha-se informado e acompanhe nossas atividades.

Área Restrita

Por favor informe seu usuário e senha

×